29 de jun de 2010

Roger Waters fala do álbum Wall 2010 e 2011



Em uma nova entrevista com Roger Waters, publicada pela revista Paris Match, Roger fala para Francois Lstavel sobre o pano de fundo para as gravações originais, e que os shows na América do próximo (2010) e Europa (2011) vai incluir.

Roger Waters: Através da historia de Pink,o homem que construiu um muro para se proteger da dor, eu quis mostrar como as nações competem. Seja hoje ou em 1979, ainda estamos com medo de estranhos. Politicos tetam manter a ideia de que há uma fronteira entre eles, e nos, enquanto que a diferença entre as pessoas é um acidente de nascimento e geografica se nós nos tornamos mais conscientes disto, então será mais facil de quebrar as paredes - ideológicas e religiosas.

Falando sobre a possibilidade de ser sua última turnê, ele disse: Estas visitas são importantes fisicamente exigente, e eu não estou ficando mais jovem, contudo, nada definitivo.

Lastavel pergunta sobre a intenção de mostrar as vitimas de guerras, projetada na parede durante o show, e se teme  Roger se as pessoas podem sentir-se desconfortável com isso: Talvezm mas as pessoas divertidas me interessam. Quero movê-los, caso contrário eu d executar uma apresentação de jogo.

Finalmente, ele perguntou sobre o andamento de um novo álbum, não, eu estou focalizando principalmente no meu próximo show. Dito isto, eu tenho um grande número de canções que poderiam ser um álbum, mas é isso que eu venho dizendo há dez anos.

Fonte: ParisMatch.com.