9 de jan de 2014

Escritor mergulha na obra do Pink Floyd para peça radiofônica

Em "Rock 'n' Roll", peça de grande sucesso escrita em 2006, o dramaturgo Tom Stoppard examinava a relação entre música e política, alternando cenas entre a Inglaterra e a Tchecoslováquia durante um período de 25 anos.
Agora, em um novo trabalho, uma peça radiofônica de uma hora chamada "Darkside", ele estreitou seu foco para abarcar um único álbum, o famoso "The Dark Side of the Moon", do Pink Floyd.
Encomendada pela BBC para celebrar o 40º aniversário de lançamento de um disco que vendeu mais de 50 milhões de cópias em todo o planeta, "Darkside" foi transmitida em agosto de 2013, e em novembro saiu em forma de CD (Pink Floyd Music).
Stoppard escreveu um texto sobre a música do álbum para ser recitado e, ocasionalmente, empregou as palavras de Roger Waters —um dos membros da banda— para comentar os acontecimentos.
O tema de "Darkside" será familiar para quem quer que tenha assistido a um curso de ética ou filosofia moral na universidade. O elenco, que inclui Bill Nighy e Rufus Sewell, encena experimentos hipotéticos famosos nesses campos, como o "dilema do prisioneiro" e o "vagão em alta velocidade", acompanhados por muitos comentários sarcásticos e piadas sutis.
Em "Rock 'n' Roll", Stoppard, 76, demonstrava formidável familiaridade com a música pop dos anos 60 e 70, e fazia referência aos Rolling Stones, Jimi Hendrix, Beach Boys, Grateful Dead, Velvet Underground, Doors e Queen.
Em entrevista por telefone, de sua casa na Inglaterra, ele conversou comigo sobre a origem de "Darkside" e seu gosto musical eclético. Seguem excertos editados dessa conversa.



 Que saber mais entra neste link abaixo!!!

Fonte:Folha de São Paulo

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2014/01/1393810-escritor-mergulha-na-obra-do-pink-ployd-para-peca-radiofonica.shtml