6 de nov de 2009

Casa de fundador do Pink Floyd atrai interesse


LONDRES (Reuters) - A casa do fundador do Pink Floyd, Syd Barrett, morto em julho, vem atraindo enorme interesse de potenciais compradores que não se deixam desanimar pela decoração amadora feita pelo cantor recluso.
Dezenas de pessoas visitaram a casa, construída nos anos 1930 e que, na descrição discreta de um corretor imobiliário, "oferece uma excelente oportunidade para modernização e reformas feitas com simpatia".
As paredes são pintadas como uma colcha de retalho, nas cores rosa, laranja, marrom, azul e lavanda, enquanto prateleiras baratas de madeira foram pregadas de maneira precária às paredes de todos os cômodos.
"Syd Barrett foi um ícone, então é inevitável que haja muito interesse", disse Lisa Freeman-Bassett, da Cheffins, a imobiliária e casa de leilões que está cuidando da venda de imóvel, avaliado em 300 mil libras (562 mil dólares). "Ele viveu muito bem nessa casa, satisfeito em levar sua vida adiante".
Algumas das pessoas que visitaram a casa de três quartos, geminada de um lado, em Cambridge, leste da Inglaterra, provavelmente o fizeram apenas por curiosidade, sem intenção de comprar o imóvel, disse a corretora.
Barrett viveu solitário na casa depois de abandonar o Pink Floyd em 1968, após uma fase de comportamento errático ligado ao consumo de drogas psicodélicas.
Ele se afastou da vida pública, deixou de manifestar qualquer interesse pelo estrelato e recusava-se a falar com os fãs e jornalistas que o procuravam regularmente. Passava seu tempo pintando, cuidando do jardim e escrevendo sobre a história da arte.
Com seus gramados bem aparados, o quartinho no fundo com ferramentas de jardinagem e a porta da frente pintada de azul, o sobrado está muito distante da mansão arquetípica de um astro do rock.
A irmã de Syd Barrett, Rosemary Breen, disse que o cantor "adorava a paz e o silêncio" da casa.
"Ele deixou sua marca sobre a casa com a decoração, que mudava frequentemente", ela escreveu em anotações que acompanham a venda. "Dormia em todos os quartos, segundo a vontade que sentia a cada momento".
"A única coisa que atrapalhava sua paz eram as ocasionais visitas de fãs. Syd nunca entendeu porque desconhecidos queriam tomar seu tempo, já que nunca entendeu a razão de sua fama".
As anotações da venda dizem que Barrett "era apaixonado por fazer reformas na casa, embora nem sempre se mostrasse competente" nisso.
Parte do conteúdo da casa irá a leilão em 29 e 30 de novembro. Os objetos a serem oferecidos incluem pinturas, duas bicicletas pintadas à mão de vermelho e azul, e mobília modificada por Barrett.
O cantor compôs os singles de sucesso "Arnold Layne" e "See Emily Play", além da maioria das canções do primeiro álbum do Pink Floyd, "Piper At The Gates Of Dawn".
Ele deixou a banda antes de ela fazer enorme sucesso com os álbuns "Dark Side of the Moon", "The Wall" e "Wish You Were Here".
 

Muitos fãs de SYD BARRETT vão visitar sua casa !!!!

SHINE ON YOU CRAZY  DIAMOND ♥

Fonte: Peter Griffiths e Súh Floydian@