7 de ago de 2009

ROGER WATERS "IN THE FLESH" Brasil 2007







A Caravana do Rock Invade Porto Alegre

Cinco ônibus com 230 fãs, saíram terça-feira, dia 12, às 9h da manhã numa excursão, organizada pelo Ecoclub em parceria com o Guia Floripa, com destino a Porto Alegre. Eles foram assistir ao show de um dos mais célebres ícones do rock de todos os tempos, o ex-vocalista, guitarrista e baixista do Pink Floyd, o britânico Roger Waters.
Vestindo camisetas estampadas com capas dos mais famosos discos da banda - da qual Roger Waters fez parte até 1983 - pais, filhos e até netos, chegaram ao ponto de encontro para partida trazendo nos rostos a ansiedade e a expectativa do show que viria pela frente.

Como não poderia deixar de ser, a trilha sonora foi recheada com os maiores sucessos de Roger e do Pink Floyd como Another Brick In The Wall, Set The Controls To The Heart of The Sun e Time, entre outros.

Por volta das 13h, os integrantes do primeiro ônibus da caravana pararam para almoçar nos arredores de Sombrio e na fila do bufê, estavam dois integrantes da banda de Florianópolis Os Berbigão, Marcelo e Luciano, que viajavam numa van com mais alguns amigos. Quando perguntados sobre as influências que Roger Waters e o Pink Floyd tiveram sobre suas carreiras, eles disseram "A nossa linha é baseada no Blues, mas o som deles fez parte do nosso aprendizado musical".

A chegada a Porto Alegre aconteceu precisamente às 16h30 em frente ao estádio Olímpico.


Mais que um show. A realização de um sonho.

Eram quase 21h quando a multidão eufórica que enchia o gramado e as arquibancadas do estádio Olímpico começou a gritar pelo nome de Roger Waters. As luzes apagaram-se e uma figura de cabelos grisalhos vestida com um blazer e camiseta pretos subiu as escadas laterais do palco. Era como um sonho que se materializava diante de olhos atônitos, lá estava ele, o co-fundador de de uma das bandas mais influentes do planeta. Nesse momento, uma explosão de euforia e histerismo tomou conta da multidão e, aos primeiros acordes de In the Flesh, música que dá nome à turnê, começava a experiência sonora e visual mais esperada em shows internacionais pelo público brasileiro.

Os acordes de guitarra percorriam todos os cantos do estádio com uma pureza jamais experimentada em terras tupiniquins, graças ao sistema V-Dosc que distribuia o som por 108 caixas espalhadas ao redor do gramado e nas laterais do palco. No alto, dois grandes telões exibiam, com uma nitidez incrível, as imagens da banda.

Ao fundo, como cenário, uma imensa tela 253m² alimentada por um super projetor de 70mm exibia imagens de slides feitos a base de agua e óleo, paísagens bucólicas, fotos de nativos americanos, explosões, eclipses e a famosa marcha dos martelos do filme The Wall.

Seguindo o mesmo set-list de canções executadas nos show feitos em Santiago, no Chile, e na praça da Apoteose, no Rio de Janeiro, Roger Waters brindou a platéia com um repertório que contemplava clássicos como Pigs on the Wing, Dogs, Wish You Were Here. Para finalizar o primeiro bloco, Shine On You Crazy Diamonds. Nesse momento, um céu estrelado foi projetado no telão e, quase que como um passe de mágica, o céu acima do estádio, que desde às 5h da tarde estampava um cinza carregado, limpou por completo, criando um dos momentos mais sublimes da noite.

Após vinte minutos de descanso, nos quais, educadamente, o público esperou pelo astro, Roger Waters começou a performance com Set the Controls For the Heart of The Sun. A segunda parte teve os seu picos mais marcantes com as músicas Time, Money e finalizando com Comfortably Numb. No bis, Roger voltou com seu último lançamento, encerrando noite.

Depois do show, ainda envolvidos pela atmosfera psicodélica, os fãs caminhavam pelas ruas ao redor do estádio comentando sobre os momentos que mais marcaram a noite. Para o estudante da Udesc, Eduardo Gheller de 21 anos, aquele momento havia transformado sua vida, afirmou ele. "Depois desta noite minha vida se resume a antes e depois do show do Roger Waters".

Texto:Mario Costa Junior
Fotos: Mario Costa Junior e Márcio Rodrigues
Fone/ Fax: (48) 3206-1020 www.guiafloripa.com.br
Fonte:http://www.guiafloripa.com.br/roger_waters/index.php3