25 de mai de 2008

THE TRIAL (TRADUÇÃO) PINK FLOYD


O Julgamento


Promotor: Bom dia, Verme Vossa Excelência!
A Coroa provará que o prisioneiro, que agora está perante Vós
Foi preso em flagrante mostrando sentimentos
Mostrando sentimentos de uma natureza quase humana
Assim, não dá!
Chame o professor!

Professor: Eu sempre disse que ele não daria em nada que preste
No final, Vossa Excelência
Se tivessem deixado agir do meu jeito, eu o teria posto na linha
Mas minhas mãos estavam atadas! Os artistas e os mais sensíveis
O impunisaram até de assassinato. Deixe-me martelá-lo hoje

Pinky: Louco. Brinquedos no sótão, eu sou louco! Pirei mesmo
Devem ter levado minhas bolinhas embora

Júri: Louco... brinquedos no sótão, ele é louco

Juiz: Chame a esposa do réu!

Esposa: Seu merdinha, você está nessa agora
Espero que joguem a chave fora
Você deveria ter conversado mais comigo, mas não
Você tinha que agir do seu jeito
Você tem destruído muitos lares ultimamente?
"Apenas 5 minutos, Verme Vossa Excelência, ele e eu a sós"

Mãe: Bebêêêê!
Venha pra mamãe, bebezinho
Deixe-me segurá-lo em meus braços
Senhor, eu nunca quis que ele se metesse em encrenca
Por que ele teve que me abandonar?
Verme, Vossa Excelência, deixe-me levá-lo pra casa

Pinky: Louco. Acima do arco-íris, sou louco. Barras na janela.
Era para ter uma porta no muro quando eu entrei

Júri: Louco... acima do arco-íris, ele é louco.

Juiz: A evidência diante da corte é incontestável
Não há necessidade de o júri se retirar
Em todos os meus anos de juiz, nunca ouvi falar
De alguém mais merecedor da pena máxima da lei
A forma que você as fez sofrer, suas adoráveis esposa e mãe
Enche-me de vontade de defecar

Promotor: Vai nessa, Juiz! Merda nele!

Juiz: Já que, meu amigo, você revelou seu medo mais profundo
Eu o condeno a ser exposto diante dos seus semelhantes
Derrubem o Muro!

Júri: Derrubem o Muro!